CONFRARIA • Filhos & Amigos de Arapiraca

NOTÍCIAS

09 de Janeiro de 2019 as 15:10

Banco do Nordeste tem volume histórico de contratações em Alagoas

Há menos de um ano a frente do Banco do Nordeste em Alagoas, o novo superintendente Pedro Ermírio comemora os resultados positivos. Nesta quarta-feira (9) em um café da manhã que reuniu a imprensa ele prestou contas de como foi 2018 para a instituição financeira e as perspectivas para 2019.

Segundo Pedro Ermírio, o Banco do Nordeste conseguiu superar o maior volume de contratações da história em Alagoas. No total foram mais de um bilhão e trezentos milhões em créditos concedidos, com destaque para os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento da Região Nordeste (FNE), superando a casa dos R$ 870 milhões.

“Essa é uma cota que a União arrecada de IPI e Imposto de Renda que é repassado para que a gente aplique. Essa fonte foi criada com o objetivo de ser uma atração de investimentos e um diferencial para os empresários e produtores rurais instalados no nordeste”, explicou.

O superintendente do BNB em Alagoas destacou o volume de financiamento concedido. Na prática ele fez alusão ao uma lupa, identificando que houve um crescimento considerável das micro e pequenas empresas, agricultura familiar, grandes empreendimentos, microcrédito, este último com mais de 200 mil famílias atendidas no seguimento.

“Todos os 102 municípios de Alagoas receberam crédito do FNE, isso representa um reflexo enorme na atuação do Banco do Nordeste no sentido de geração de emprego e renda, forte”, ressaltou.

Em Alagoas são apenas 17 agências do Banco do Nordeste, representando em torno de 8% da rede bancária, porém o BNB responde por 70% do crédito de longo prazo no estado e mais de 50% do crédito rural. “Aqueles empresários que ainda não conhecem o banco nós convidamos para conhecer as três agências em Maceió, além dos demais municípios até Delmiro Gouveia que é a última agência no sertão”, disse.

“É importante o empresário ter o Banco do Nordeste, como alternativa, porque tudo que ele economiza de juros fica no resultado dele; e hoje conseguimos atender as empresas desde o seu capital de giro, financiamento de máquinas, equipamentos, veículos, reforma, ampliação, implantação de novos negócios. Então, é uma área de atuação vasta que é importante ser conhecido”, frisou.

Ainda conforme Pedro Ermírio, o orçamento de 2019 já está validado, a expectativa é de que supere o número do ano anterior, ele salientou que o ano já começou com demandas de prospecção acima de R$ 200 milhões, superior a 2018. “Uma resposta ao que foi feito no ano passado e a retomada do aquecimento da economia, de que os empresários e produtores rurais voltaram a acreditar no momento em que o estado e o país estão vivendo. A expectativa é positiva para 2019”, observou.

Sobre os créditos para as cooperativas e associações, o superintendente mencionou que houveram dificuldades, mas que foram superadas e os créditos retomados.