CONFRARIA • Filhos & Amigos de Arapiraca

NOTÍCIAS

20 de Novembro de 2020 as 23:59

Usuários reclamam de superlotação e do transporte complementar

Mirian Cavalcante tem 27 anos, ela trabalha no Shopping de Arapiraca e todos os dias precisa pegar uma van que faça a linha São Sebastião/Arapiraca.

Esta semana Mirian entrou em contato com o Diário Arapiraca reclamando da superlotação do transporte complementar em meio à pandemia.

Ela não é a única usuária que reclama.

O Diário publicou, no Instagram, a foto enviada por Mirian para a redação e a insatisfação foi geral, tanto no que se refere à superlotação quanto ao uso de máscara, além do risco de acidente.

"Idoso em pé, criança em pé, sem cinto de segurança, e se Deus me livre acontece um acidente?", questionou uma seguidora. "Um absurdo como as vans estão circulando e as autoridades não fazem nada pela segurança da população", pontuou outra. Sobre o uso de álcool, uma pessoa, identificada como Arlete, disse que a oferta do produto acabou e que não existe mais a covid. Outra foi mais dura e afirmou "anda assim quem quer, se não quer espera outro transporte". 

Muitos disseram, inclusive, que a maioria dos motoristas não usa máscara, avalie solicitar que os passageiros usem. 

Na segunda-feira (16), Mirian ficou tão incomodada com o número de idosos em pé no veículo que questionou o motorista, mas o mesmo não deu ouvidos. 

Já o cobrador viu que Mirian tirou uma foto e após ela dizer a ele que as fiscalizações haviam parado por conta da política, ele quase tirou a usuária da van.

Em contato com a assessoria da Arsal, o Diário foi informado que o órgão não está só fiscalizando, como multando também, mas que o usuário pode ligar para a ouvidoria da Arsal e denunciar a situação encontrada. O número é o 0800 284 0429. A Arsal também atende pelo WhastApp, no número 98833-9430.