OAB Alagoas vai atuar no combate às fake news em eleições 

O combate às fake news ganha um novo aliado em Alagoas. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) passará a integrar o “Programa de Enfrentamento à Desinformação” no âmbito eleitoral. A iniciativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem como proposta combater notícias falsas nas eleições de 2022.

O termo de adesão ao programa foi assinado pela presidente em exercício da OAB Alagoas, Natália Von Sohsten. Foram indicados como representante da entidade os advogados Francisco Dâmaso Amorim Dantas, presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB, e o advogado Claudimir Lins França, vice-presidente da Comissão.

“A iniciativa da Justiça Eleitoral é importante, na medida em que busca levar para a sociedade a realidade dos fatos, afastando as fake news divulgadas sobre o processo eleitoral. Espera-se, com isso, que a sociedade acredite no sistema eleitoral brasileiro, garantindo a tranquilidade das eleições e confiança nos resultados, fortalecendo a democracia”, explica Francisco Dantas.

De acordo com Natália Von Sohsten, a adesão da OAB Alagoas ao Programa de Enfrentamento à Desinformação significa, na prática, uma atuação mais incisiva não só no combate às fake news, mas na proteção aos integrantes da Justiça eleitoral, ao sistema eletrônico de votação, ao processo eleitoral em suas diferentes fases e aos atores nele envolvidos.

“A OAB Alagoas atuará na execução das ações que compuserem esse programa, de acordo com as diretrizes do TSE. O combate à desinformação no âmbito eleitoral é um tema de grande importância para democracia do nosso país, sobretudo em um ano eleitoral”, conclui a presidente em exercício da entidade, Natália Von Sohsten.

Publicidade