União Brasil deve formar coligação com PSB, PSDB, PP e outros partidos, avisa Caldas

Uma forte coligação majoritária pode ser formada com a participação do União Brasil em Alagoas.

É o que antecipou o ex-deputado federal João Caldas, que surpreendeu nessa sexta-feira (25), ao anunciar que está filiado a UB.

O objetivo é formar uma coligação que terá candidatos de oposição ao grupo do governador Renan Filho.

Ainda não há confirmação de quem será o candidato a governador da coligação, que poderia ser formada pelo União Brasil com o PSDB, PP e PSB, partido do prefeito de Maceió, JHC, que é aliado do senador Rodrigo Cunha, pré-candidato a governador de Alagoas.

“A coligação será formada pelo União Brasil, PP, PSB PSDB e outros partidos ainda podem vir”, avisou João Caldas.

Em recente reunião, o prefeito de Maceió disse que “JHC é Rodrigo Cunha e que Rodrigo Cunha é JHC”, numa clara sinalização de que marcharão juntos nas eleições deste ano.

Apesar disso, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, ainda estaria tentando convencer JHC a ser candidato ao governo. Para isso, o prefeito teria que deixar o cargo até o próximo dia 2.

O grupo também trabalha para escolher um candidato a vice e um candidato ao senado.

João Caldas, disse que deverá ser candidato a deputado federal pelo União Brasil (UB) e não pelo PSB, partido do seu filho, JHC.

A informação foi dada nessa sexta-feira (25) em Delmiro Gouveia, cidade distante 299 km da capital, durante a inauguração do Shopping da Vila.

“Vamos formar uma chapa para fazer dois ou três federais. É um partido forte, um partido que nasceu muito grande, que eu tenho boas relações com os dirigentes nacionais”, disse João Caldas.

“A legislação engessou, o jogo mudou e as regras mudaram. Tem que jogar de acordo com as regras desse jogo, desta eleição. Então, nós estamos no 44, estamos no União Brasil”, apontou Caldas.

Publicidade