Semana Santa: peixes chegam a custar R$ 60 o quilo em Maceió, diz Procon

O Procon Maceió realizou na última semana um levantamento comparativo dos preços dos itens da Semana Santa que compõem a mesa da Páscoa. O intuito é contribuir diretamente para que os consumidores estejam cientes dos valores e comparem os produtos que desejem comprar e consigam economizar.

As avaliações foram realizadas em nove estabelecimentos e foram observadas as condições de armazenamento. As equipes do Procon Maceió avaliaram produtos com os preços no camarão, peixes, feijão, leite de coco, vinhos, farinha de mandioca e arroz parbolizado.

O preço do leite de coco 200 ml, de diferentes marcas, varia de R$ 1,79 a R$ 12,98. Já a margarina de 200g, por exemplo, encontra-se variando no valor de R$ 2,29 a 5,19. Em relação aos frutos do mar, os mais variados tipos de peixes estão sendo comercializado com valores entre R$ 25,00 e R$ 60,00 o kg.

As equipes do Procon Maceió estiveram nos estabelecimentos Palato, Cesta de Alimentos, Atacadão, Super Giro e Unicompra. Já a pesquisa dos pescados foi realizada nas Balanças de Peixes da Ponta Verde, Pajuçara, Jaraguá e no Mercado da Produção.

O órgão de proteção ao consumidor pesquisa regularmente os preços, principalmente durante os períodos festivos, para conscientizar e incentivar os consumidores sobre as possibilidades de economia.

Confira o resultado da pesquisa – PESQUISA – ITENS SEMANA SANTA 2022

Publicidade