AGRICULTURA FORTALECIDA: ARAPIRACA IRÁ SEDIAR SEMINÁRIO ESTADUAL DE GRÃOS

O Seminário Estadual de Grãos vai acontecer pela primeira vez no interior do Estado. Arapiraca foi escolhida como sede do evento após a paralisação ocorrida devido a pandemia.

“Estamos muito felizes com a escolha de nossa cidade para a promoção desse importante encontro, que fortalece nosso protagonismo na realização de grandes eventos para a agricultura”, comemorou o secretário Municipal de Desenvolvimento Rural, Hibernon Cavalcante.

Promovido pela Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, com o Sebrae, o Seminário Estadual de Grãos pretende reunir produtores rurais, técnicos ligados à área de produção de grãos, pesquisadores e estudantes.

O evento será realizado no Sesc, dia 13 de abril, das 8 às 17h. Cerca de 100 pessoas – mediante inscrição no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) – devem participar do Seminário.

A programação contará com palestras de pesquisadores renomados, como Éder Souza Martins e Christiane Abreu de Oliveira Paiva, ambos da Embrapa.

Hibernon Cavalcante destacou, que problemas causados pela pandemia e a guerra atual dificultaram a extração, oferta, venda e os preços dos adubos químicos.

“Temos cada vez mais que procurar soluções locais para a substituição de parte dos fertilizantes importados pelo país. O uso de pó de rocha e bioinsumos serão cada vez mais uma constante na produção alagoana e brasileira, e os palestrantes do Seminário são experts no assunto”, declarou.

Grandes eventos

A realização do Seminário Estadual de Grãos segue o mesmo caminho do Seminário de Sustentabilidade da Carcinicultura do Agreste Alagoano, que aconteceu no final de março e reuniu nomes importantes do segmento nacional em Arapiraca.

A realização desse evento foi fundamental para consolidar Arapiraca como palco de grandes eventos no setor agrícola, visto que o município de Arapiraca possui localização privilegiada no Estado e uma produção agrícola diversificada.

“Nosso foco é a agricultura familiar, de subsistência, mas estamos encontrando espaço para debater várias cadeias produtivas. E vamos investir nisso”, comentou Hibernon, que conta com o aval do prefeito Luciano Barbosa.

“Tratando do homem e da mulher do campo com oportunidades e qualificação mantemos as famílias em seu habitat, e isso é desenvolvimento econômico com sustentabilidade, uma marca da atual gestão”, completou ele.

Texto: Laís Pita.

Publicidade