III Seminário Nacional do Nudes começa dia 12 de abril viabilizando debates e diálogos

O III Seminário Nacional do Nudes – Ufal/Sertão é uma atividade organizada pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Diversidade e Educação do Sertão- Nudes, em parceria com o Movimento dos Povos das Lagoas Mundaú e Manguaba (Mov-Lagoas) e com apoio da Pró-Reitoria de Graduação (Proford/Prograd/Ufal). O evento tem o intuito de trazer um diálogo entre a universidade e os movimentos sociais organizados para uma discussão inserida no contexto de insegurança que demanda lutas e resistências.

Em contato com Mônica Regina Nascimento, professora organizadora do evento, acrescenta que “o seminário tem a relevância de ser realizado em parceria com os movimentos sociais. É uma realização do Nudes como expressão ao compromisso social assumido na defesa da universidade pública, gratuita e diversamente marcada pela classe, raça, gênero e sexualidades. Por meio de temas fundamentais ao constructo científico, o III Seminário do Nudes se constitui como espaço amplo de debate e ferramenta de luta social”, disse Nascimento.

“A importância do III Seminário Nacional do Nudes, é estabelecer um diálogo que perpassa as diversas narrativas, com o propósito de fortalecer e assegurar os direitos fundamentais que norteiam a dignidade humana. O evento com sua temática tem a pretensão de refletir sobre questões relevantes como forma de visibilizar e fomentar mudanças estruturais, que leve em consideração o movimento e a luta de grupos organizados, que diante da atual conjuntura econômica, política e pandêmica tem resistido”, comenta a professora da Ufal, Dra. Maria Aparecida Silva.

É através desses debates e diálogos com a comunidade acadêmica e comunidade em geral que o evento propõe a formação sócio cultural dos sujeitos, sendo a extensão o instrumento catalisador do ensino e da pesquisa, bem como espaço de expressão dos estudos e pesquisas realizados ao longo do ano. Ao falar sobre a importância do evento para atual conjuntura, Rogério Dyaz, Presidente da Central Única das Favelas de Alagoas (Cufa – AL), e um dos organizadores pelo movimento social, diz que o “aprofundamento do debate é decisivo para a compreensão da realidade atual do país e do mundo. O Seminário está cumprindo uma função histórica”.

Para Isadora Padilha, do Instituto para o Desenvolvimento das Alagoas (Ideal) e também uma das organizadores do III Seminário Nacional do Nudes, fala sobre a importância da participação do Movimento dos Povos das Lagoas Mundaú e Manguaba (Mov-Lagoas) no seminário, acrescentando que “a participação do MovLagoas no evento do Nudes mostra o reconhecimento que nossas atividades vêm alcançando, inclusive junto ao meio acadêmico. Sendo um evento sobre Direitos Humanos, nossa participação atesta que o que fazemos segue como uma iniciativa que atua buscando promover os direitos de todas as pessoas de forma justa e igualitária. Agradecemos pelo convite e parceria da professora Mônica Santos e desejamos vida longa ao evento!”, disse Padilha.

O III Seminário Nacional do Nudes – Ufal/Sertão será realizado nos dias 12, 13 e 14 de abril de 2022, das 13:30 às 22:30, no canal do youtube do Nudes. O evento é gratuito e atende tanto a comunidade acadêmica (discentes de graduação, discentes de pós-graduação e docentes) quanto a comunidade em geral (alunos e professores da Educação Básica e demais interessados)

As Inscrições podem ser feitas através do link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd3rdihkd0CwtCWc33s7mZa88Rbq6ISEH3wSfYICGRHEhuOsQ/viewform a seguir o cronograma do evento:

12/04 – Terça-feira

13h30 – Cerimonial: Mesa de abertura

Representação do Nudes
Representação do Mov. Lagoas
Representação Dir. Campus
Cerimonialista: Fernando José de Sá Oliveira Júnior

14h – Conferência de abertura: “Estado, direitos sociais e pandemia: territórios em lutas e resistências”

Conferencista: Profa. Dra. Roberta Sperandio Traspadini
Mediador: Prof. Dr. Rafael de Oliveira Rodrigues – Ufal

15h30 – Oficina: “Como construir conteúdos digitais”

Oficineira: Alice Mendes
Mediadora: Alana Santos

18h – Espaço Bureau de comunicação comunitária e direitos humanos

Debatedores: Manuela Callou e Keka Rabelo
Mediadora: Profa. Dra. Marilza Pavezi – Ufal

19h30 – Mesa redonda: “Fecoep e a emergência do controle social”

Debatedores: Prof. Dr. Cícero Péricles – Ufal, Débora Nunes – MST e Profa. Dra. Thatiana Fávero – Ufal
Mediadora: Isadora Padilha – Instituto Ideal

13/04 – Quarta-feira

13h30 – Oficina: “Uma questão de gênero: feitiçaria, sabedoria feminina e representação”

Oficineiro: Fernando José de Sá Oliveira Júnior
Mediadora: Jislaine Maciel

15h30 – Programação cultural: “Documentário Saneamento Trágico do Zazo”

Coletivo enxame:
Mediadores: Alonso Netto e Rodrigo Rocha – Coletivo Enxame

16h30 – Mesa redonda: “Cotas sócio raciais nas universidades: um debate necessário”

Debatedores: Profa. Dra. Lígia Santos Ferreira – Ufal, Prof. Dr. Danilo Luiz Marques – Ufal e Prof. Me. Vagner Gomes Bijagó – Ufal
Mediadora: Profa. Dra. Ana Cristina Conceição Santos – Ufal

18h – Apresentação de TCCs relacionados ao tema.

Mediadora: Profa. Dra. Suzana Santos Libardi – Ufal

19h30 – Mesa redonda: “Intolerância religiosa e intersecções: racismo, misoginia e lgbtqia+fobias”

Debatedores: Prof. Dr. Gustavo Manoel da Silva Gomes – Ufal, Pastor Vando – Igreja Batista do Pinheiro e Babalorixá Danny de Ogum
Mediadora: Profa. Ma. Adriana Deodato Costa – Ufal


14/04 – Quinta-feira

13h30 – Oficina: “Poesia musicada no pandeiro”

Oficineiro: Rogério Dyaz
Mediadora: Mércia da Silva

15h30 – Debate com intervenção cultural: “Cultura brasileira e a guerra cultural nos territórios periféricos”

Debatedoras: Profa. Dra. Ana Clara Magalhães de Medeiros (Ufal) e Profa. Dra. Renata Pimentel Teixeira (UFRPE)
Intervenção cultural: Rogério Dyaz
Mediadora: Profa. Dra. Mônica Regina Nascimento dos Santos – Ufal

16h30 – Mesa redonda: “Violações de direitos em temos de pandemia”

Debatedores: Prof. Dr. Dagoberto José Fonseca – Unesp e Prof. Dr. Diego de Oliveira Souza -Ufal
Mediadora: Profa. Dra. Maria Aparecida Silva – Ufal

18h – Apresentação de TCCs relacionados ao tema.

Mediadora: Profa. Dra. Suzana Santos Libardi – Ufal

19h30 – Conferência de encerramento: “Estado, Direitos Sociais e Pandemia: limites e possibilidades”

Conferencista: Prof. Dr. Adilson Pereira dos Santos – UFOP
Mediadora: Profa. Dra. Mônica Regina Nascimento dos Santos – Ufal

Publicidade