Outono é a estação que exige reforço na imunidade

O outono já começou. As características típicas da estação, como temperaturas mais baixas e ar seco, predispõem ao aparecimento de doenças respiratórias, como gripes e resfriados. De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL), essas infecções chegam a registrar um aumento de 40% durante o período.

Com o objetivo de garantir o bem-estar e evitar danos à saúde, manter o sistema imunológico fortalecido é essencial para defender o organismo de micro-organismos invasores nesta época do ano. A dica é da médica Gisele Casado, alergista e imunologista do Sistema Hapvida em Maceió.

Precauções com as mudanças climáticas

Durante o outono, as mudanças climáticas podem ser perigosas para o sistema imunológico, pois propiciam a manifestação de diversos agentes infecciosos virais. As alterações de temperatura durante o dia, por exemplo, fazem com que as pessoas permaneçam mais tempo em ambientes fechados. Mas mantê-los frescos e sempre arejados é essencial para que o ar circule e se renove.

“Deixar o sol e o vento natural entrar no ambiente é benéfico pois diminui os riscos de contaminação. Também é importante evitar acumular objetos, como pelúcias, tapetes e cortinas de tecido, que predispõem à ácaros que são potencialmente prejudiciais à saúde”, orienta a especialista.

De olho na vacinação e na alimentação

Segundo a especialista, uma medida fundamental para ajudar a fortalecer o sistema imunológico é manter a vacina da gripe em dia. O Ministério da Saúde iniciou, na última segunda-feira (4), a campanha nacional de vacinação contra a doença, indicada, principalmente, para pessoas que se encontram no chamado “grupo de risco”, como crianças, idosos, gestantes, pessoas privadas de liberdade, indígenas e profissionais da saúde.

“A imunização é eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B. Vale lembrar que ela também está disponível na rede particular para aqueles que querem garantir a proteção, mas que não se enquadram nos grupos prioritários”, destaca.

Estar atento à alimentação também é outro fator importante para evitar resfriados e gripes na estação. “Para fortalecer a imunidade, é interessante caprichar no consumo de alimentos ricos em antioxidantes que contêm grandes quantidades de vitaminas A, C e B, além de aminoácidos, zinco e selênio”, destaca.

Brócolis, espinafre, tomate, nozes, limão, peixes, cereais e frutas vermelhas são uma boa pedida nesta época do ano.

Confira outras dicas:

• Aumente a hidratação ingerindo líquidos, principalmente água;

• Umidifique o ar deixando uma toalha úmida no quarto ou bacias com água em alguns cômodos da casa;

• Agasalhe-se bem antes de sair de casa para proteger as áreas expostas do corpo, principalmente as extremidades;

• Evite o estresse, pratique atividades físicas e mantenha bons hábitos relacionados ao sono.

Publicidade