PSB de JHC “terá chapa para fazer dois estaduais”

Entre as “surpresas” da janela partidária, que se fechou no sábado, 2 de abril, foram registradas filiações de vários pré-candidatos no União Brasil, partido que em Alagoas é controlado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Nessa direção foram nomes do grupo de Renan Filho e Paulo Dantas, a exemplo de Alfredo Gaspar de Mendonça e Marcius Beltrão, e do grupo de JHC, entre eles João Caldas, Rodrigo Cunha, Davi Maia e Francisco Salles.

O que se esperava, com a movimentação era que o PSB, assim com o PSDB não conseguisse mais montar chapas de federal e estadual. Era…

Na última hora janela partidária, o ex-prefeito de Rio Largo, Toninho Lins, anunciou, ao lado de do prefeito de Maceió, JHC, sua filiação ao PSB.

Toninho que teve o nome cotado para disputar vaga de federal na chapa do PSD, vai em busca de uma vaga na Assembleia Legislativa (ALE) – isso se não mudar de ideia..

Com a filiação de Toninho, o PSB vai trabalhar para eleger até dois deputados estaduais, avisa um importante interlocutor de JHC: “O PSB tem muitos nomes, inclusive algumas surpresas e vai montar uma chapa competitiva para estadual”, avisa.

Entre estes nomes provavelmente está o de João Antônio Caldas, médico, irmão do prefeito, que tem um gosto pela política. Em 2018, o “dr JAC” disputou mandato de deputado federal pela Bahia, ficou na primeira suplência e chegou a assumir o mandato por quatro meses. Agora, poderá disputar uma vaga na Assembleia Legislativa de Alagoas, mesma Casa por onde JHC começou sua carreira política.

Publicidade