Com 50 alunos, projeto Bombeiros Mirins é lançado no Pilar

Fortalecer a formação de dezenas de jovens pilarenses. Foi com este objetivo que a Prefeitura do Pilar, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, lançou, nessa sexta-feira (06), em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, o projeto Bombeiros Mirins. Inicialmente, 50 alunos de três escolas foram contemplados. Eles devem concluir o curso, cujas aulas acontecem duas vezes por semana, no mês de dezembro.

O major BM Roberto Lins abriu a solenidade de lançamento que ocorreu no Cine Pilarense e destacou a importância da iniciativa. “O Bombeiros Mirins busca ocupar o tempo ocioso das nossas crianças e adolescentes para estimular valores como a disciplina e a hierarquia, auxiliando os estudantes em sala de aula e, inclusive, combatendo a desigualdade social”, explicou o oficial do Corpo de Bombeiros, destacando o empenho dos alunos do 6º ao 9º ano que, em menos de uma semana, já não escondem o entusiasmo pelo projeto.

Já segundo o coordenador da turma, o sargento BM Paulo Vitor Barros, os ensinamentos vão além das noções de primeiros socorros, combate a incêndio e prevenção de acidentes no lar, passando também pela educação ambiental e combate às drogas. “Nós também realizamos um acompanhamento minucioso do desempenho de cada participante na escola. E iremos formar, ao término do curso, cinco monitores que vão repassar o que apreenderam. Teremos, certamente, várias outras turmas”, disse o militar, ressaltando, ainda, a necessidade do pleno engajamento dos pais dos alunos.

Lúcia Nunes, por sua vez, é coordenadora do programa socioemocional da Secretaria de Educação do Pilar. Durante a cerimônia, ela recordou as tratativas para tornar o projeto uma realidade ainda no ano de 2019. “Veio a pandemia da Covid-19 no ano seguinte, o que nos impossibilitou de seguir com nosso sonho. Hoje, porém, aqui estamos graças ao empenho de todos: professores, alunos e pais de alunos, que precisam compreender a importância de apoiá-los sempre, para o bem dos nossos jovens”, reforçou.

Já o secretário municipal de Educação, Clewinho Cavalcante, salientou que todos os alunos terão fardamento completo fornecido pela Prefeitura. “Este projeto chega para melhorar o comportamento dos nossos alunos, que passam a entender os valores sociais que regem a vida em comunidade. Chega para fortalecer a educação doméstica, para fomentar a cidadania. Por isso, espero que todos os 50 alunos possam concluir o curso e, em breve, dar o seu testemunho de sucesso”, avaliou o secretário, lembrando o apoio da deputada estadual Fátima Canuto.

Representando o prefeito do Pilar, Renato Filho, a vice-prefeita Ivanilda Rodrigues também usou a palavra para reforçar o alcance do projeto apoiado pelo Município.

“A gestão do prefeito Renato Filho é uma gestão de concretização de sonhos. Basta circular pela nossa cidade para conferir quantos sonhos, dos pilarenses de nascimento e de coração, já foram realizados. Hoje, Pilar é exemplo para o Brasil devido à dignidade com que o prefeito Renato trata cada cidadão. Este momento é mais uma prova disso. Portanto, saibam que todos vocês são privilegiados por mais esta oportunidade. E os pais de vocês já vão sentir a diferença, para melhor, com apenas um mês de projeto, porque todos vão assimilar uma série de valores, do respeito ao próximo ao cuidado com a vida”, analisou.

Apoio incondicional


E no que depender dos pais dos alunos, não vai faltar apoio. É o que garante Ana Paula Silva, que deixou de trabalhar numa propriedade rural para, na cidade, alimentar o sonho do filho caçula em se tornar bombeiro militar. “Não perdi tempo. Ele está matriculado na Escola Arthur Ramos. E vou fazer de tudo para que meu filho se desenvolva ainda mais com o projeto”, relatou a dona de casa.

Pedro Saturnino, por sua vez, diz já ter aprendido lições para uma vida inteira. “As aulas são muito boas, e sempre presto muita atenção. Só tenho a agradecer a todos. Quero chegar até o final porque vou me esforçar muito para realizar o meu sonho, que também é o sonho de muitos colegas bombeiros mirins”.

Publicidade