Eventos: Maceió vai sediar Expo Favela e Taça das Favelas

O prefeito de Maceió, JHC, assinou na última quarta-feira (11), o protocolo de intenções com a Central Única das Favelas (Cufa) em Alagoas para a realização na capital alagoana da Expo Favela, uma feira de negócios que vai gerar oportunidades de empreendedorismo às comunidades, e a Taça das Favelas de Futebol, um case de sucesso no Brasil inteiro, que revela jogadores para todo o mundo. Os eventos vão acontecer em agosto.

O prefeito JHC falou da alegria de ter a capital sediando os eventos, se colocou à disposição da entidade e destacou a importância do trabalho da Cufa. “Nós vamos sediar em Maceió dois eventos importantíssimos para as nossas favelas, as nossas grotas, que é o Taça das Favelas e o Expo Favela, para mostrar a potência que a favela tem, com criatividade, inclusão e inovação. É Maceió mais uma vez saindo na frente”, destacou JHC.

A assinatura dos protocolos trouxe a Maceió o presidente nacional da Cufa, Francisco José Pereira de Lima, o Preto Zezé, e reuniu ainda integrantes locais da entidade, e o senador Rodrigo Cunha, incentivador do trabalho da central.

Para Rodrigo Cunha, a iniciativa da Cufa em nacionalizar as suas ideias é mais um incentivo para o desenvolvimento da população.

“A Central Única das Favelas tem sido referência para muitas pessoas, para muitos jovens brasileiros. Esse trabalho voltado à autoestima das pessoas permite que a juventude busque conhecimento para crescer na vida. Não é querer ser maior que ninguém. Tenho certeza de que esta parceria entre Cufa com o prefeito JHC vai potencializar ainda mais as ações. Ou seja, estamos certos de que teremos a Taça das Favelas e a Expo Favela aqui em nossa capital”, declarou o senador Rodrigo Cunha.

Já Preto Zezé, em sua fala, lembrou de todos os desafios e dos avanços alcançados pela Cufa, sobretudo na pandemia da Covid-19 e ressaltou que o trabalho da entidade chegou a mais de cinco mil favelas do Brasil, com R$ 1 bilhão arrecadados em doações. “Fico feliz de estar aqui em Maceió, em Alagoas, e poder estar junto de vocês, poder ouvir e falar o que é melhor para as favelas do Brasil. Que Alagoas e Maceió sejam o nosso farol para as demais cidades brasileiras”.

Presidente da Cufa em Alagoas, Rogério Diaz ressalta que a Expo Favela também irá gerar incentivos à economia criativa e por isso é relevante que a população de Maceió receba de braços abertos esta iniciativa.

“Alagoas não pode ficar de fora da economia criativa. Esta parceria entre a Prefeitura de Maceió com a Cufa, com participação da Cufa Alagoas, vai promover que a economia criativa se torne realidade. A partir do momento que o Município aceita uma proposta como esta, temos a certeza de que a nossa cidade será contemplada com economia criativa. Precisamos dos jovens cada vez mais engajados também nesta causa”, argumenta.

Publicidade