Cada Gota Conta: empregados da MVV iniciam movimento de doação de sangue antes do Carnaval

Um ato de amor que dará a outras pessoas a oportunidade de continuarem as suas histórias de vida.

Antes mesmo dos festejos momescos se iniciarem, empregados e empregadas da Mineração Vale Verde (MVV) criaram um movimento de arrecadação de sangue, por meio da campanha Cada Gota Conta, da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e Assédio na Mineração (CIPAMIN +A), em parceria com o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) unidade Arapiraca.

Alguns deles(as) foram até o local para doar vida, neste ato de solidariedade antes do Carnaval — momento em que mais se precisa de bolsas de sangue estocadas.

“Lembrando que cada bolsa de sangue coletada auxilia diretamente no tratamento de até 4 pacientes, então, realmente ‘Cada Gota Conta’! Por isso, devemos fazer a nossa parte e doar, também ao longo do ano. Agradecemos a quem foi neste primeiro momento e a quem irá futuramente. Temos a certeza que plantamos a semente no coração de cada empregado e empregada da nossa empresa. E, desse modo, também encorajamos outras pessoas a fazerem o mesmo”, pontua o supervisor de TI da MVV, Sérgio Araújo, que é presidente da CIPAMIN +A.

POR QUE É IMPORTANTE DOAR AGORA?

Tradicionalmente, o Carnaval é um período que afasta inúmeros doadores(as) dos hemocentros de todo país.

Muitos aproveitam o feriado para viajar ou curtir os festejos nas ruas ou salões/clubes, por exemplo. Com isso, há o registro de acentuada queda na coleta de sangue. Aqui no Agreste alagoano, não é diferente.

Outro ponto importante é que a demanda de hemocomponentes aumenta por parte dos hospitais, em razão do maior número de acidentes nas estradas. Isto é, quanto mais acidentes, mais a necessidade de estocar bolsas de sangue.

O hemocentro arapiraquense, por exemplo, compõe a 2ª macrorregião do Estado de Alagoas, que atende mais de 1 milhão de habitantes, contemplando 16 hospitais de todo o perímetro. Ele fica na Rua Floriano Peixoto, nº 200, no bairro Eldorado — mesma rua da Escola Alternativa, em Arapiraca. O local funciona de segunda-feira a sexta, das 7h às 12h e das 13h às 17h, e aos sábados das 7h às 12h e das 13h às 16h.

COMO FUNCIONA?

Antes da coleta de sangue, é feita toda uma triagem hematológica (sangue, peso, idade etc.) e a triagem clínica. São retirados cerca de 450 ml de sangue, processo que é seguro e dura apenas 15 minutos, lembrando que homens podem doar sangue 4 vezes por ano e mulheres, 3 vezes/ano.

Esses e outros detalhes foram pontuados pela equipe do Hemoal Arapiraca, que foi até a Mina Serrote, em Craíbas, dar uma palestra especial sobre o ciclo do sangue, para empregados e terceirizados da MVV, sensibilizando cada um(a) para a ação ao longo do ano.

Seja solidário(a) você também: o sangue de alguém é tipo o seu! Veja os requisitos para participar desta corrente do bem:

REQUISITOS BÁSICOS PARA DOAÇÃO DE SANGUE

✅ Documento oficial de identificação com foto;
✅ Comprovante de endereço (água, luz ou telefone);
✅ Ter idade até 69 anos;
✅ Pesar, no mínimo, 50kg;
✅ Não estar em jejum; e
✅ Evitar alimentos gordurosos e lácteos (derivados do leite) durante as 3h que antecedem a doação.

IMPEDIMENTOS TEMPORÁRIOS

🚫 Febre;
🚫 Gripe ou resfriado;
🚫 Gravidez;
🚫 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana;
🚫 Amamentação (se o parto ocorreu em menos de 1 ano);
🚫 Endoscopia: 6 meses;
🚫 Colonoscopia: 6 meses;
🚫 Vacina para Influenza: 1 mês;
🚫 Vacinas para Tétano e Difteria (DT), Hepatite B e HPV: 48h;
🚫 Diarreia: 1 semana;
🚫 Pessoas que tiveram comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis: 1 ano;
🚫 Ingestão de bebida alcoólica: 12h;
🚫 Transfusão de sangue: 1 ano; e
🚫 Piercing, tatuagem ou maquiagem definitiva: 1 ano.

IMPEDIMENTOS DEFINITIVOS

❌ Ter tido hepatite viral após os 11 anos de idade;
❌ Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: Hepatite B, Hepatite C, HIV/Aids, HTL I/II, Doença de Chagas e Sífilis;
❌ Uso de drogas ilícitas injetáveis;
❌ Malária;
❌ Câncer;
❌ Asma; e
❌ Arritmia cardíaca.

Publicidade