Maceió gera praticamente 9 de cada 10 empregos em Alagoas

Maceió iniciou 2024 com a geração de empregos a todo vapor, superando inclusive os indicadores de capitais como Recife, São Luís e Natal. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram criadas 685 novas oportunidades de emprego em Maceió no mês de janeiro. Ou seja, apenas a capital respondeu por praticamente 9 em cada 10 novos empregos de Alagoas no primeiro mês do ano. O Estado ofereceu 773 vagas.

“Estamos trabalhando muito para que nossa cidade possa cada vez mais gerar emprego e renda para as pessoas. Os resultados que estamos vendo são fruto de planejamento, foco e estratégia. Vamos continuar investindo nessa indústria de oportunidades que é o turismo, para trazer mais riquezas para Maceió”, disse o prefeito JHC

O Turismo e a construção civil, que voltou a ficar aquecida, alavancaram a economia maceioense. A cidade ainda vive o período da alta estação, que vai até o final do mês de março, com a expectativa de receber perto de 1,5 milhão de visitantes. No último trimestre do ano passado o IBGE já havia revelado que Maceió era a capital nordestina com a menor taxa de desemprego da região, com o setor de serviços crescendo 8,47%. Ou seja, bares, restaurantes, lojas, salões de beleza e outros estabelecimentos relacionados ao receptivo, ampliaram suas atividades em 2023.

Desde 2021 a prefeitura de Maceió tem investido fortemente no fomento ao turismo. Foram aplicados perto de R$ 25 milhões em ações promocionais junto a agentes e operadores brasileiros e estrangeiros. Todas essas ações posicionaram Maceió como o destino mais vendido e procurado do Brasil, aumentando em mais de 300% o fluxo turístico internacional e resultando em uma conquista histórica de mais de 45 voos semanais.

Publicidade