Maceió terá hub de carregamento rápido para carros elétricos

Com o crescente interesse e consequentemente de vendas de veículos híbridos e elétricos em Alagoas, também surge a necessidade de pontos de carregamento rápido que poderão ganhar corredores espalhados pela capital, bem como nas maiores cidades alagoanas. 

Consagrado no uso urbano, o carro elétrico ainda enfrenta resistência dos consumidores que costumam viajar, visto que uma recarga completa em carregador lento, pode demorar até 10 horas. Comuns em shoppings e residências, os carregadores portáteis e wallbox são lentos e usados em casa para cargas completas durante à noite ou em recargas de conveniência em centros comerciais.

Eduardo Brasil, sócio da empresa, nesta entrevista exclusiva à reportagem do Sistema Tribuna de Comunicação, afirmou que a empresa é uma rede criada e gerida pelos usuários para os usuários. “`Na verdade, é uma oportunidade para proprietário do carro elétrico e do entusiasta da eletrificação empreender. Em Alagoas estamos observando um crescimento rápido pelo carro elétrico, basta ver os números de veículos registrados no Detran e as vendas constantes nas concessionárias. E isso traz confiança para o empreendedor. No caso da BR Super Carga estamos trabalhando para dentro de, no máximo, um mês, ter o primeiro hub de carregamento rápido para carros elétricos do Nordeste, projetando o pioneirismo da empresa”, afirmou o empresário.

Eduardo Brasil diz que primeiro hub deve estar funcionando em um mês (Foto: Edilson Omena)

Presente em cinco estados do Nordeste (PI, CE, AL, PB e RN) a empresa escolheu Maceió para implantar o seu primeiro hub de carga rápida. “Nosso hub em Maceió terá um conjunto com quatro conectores possibilitando a recarga de 4 veículos simultaneamente”, afirmou Flávio Carneiro, sócio da empresa.

Primeiro carregador de 60 kW será instalado no bairro de Mangabeiras

A grande novidade para os proprietários de carros elétricos é o carregador de 60kW, que será o carregador público mais potente de Alagoas, e que será instalado no mês de abril na Carajás Home Center, do bairro Mangabeiras. Mas segundo os sócios, a meta da BR Super Carga é finalizar 2024 com 250 carregadores rápidos (DC) funcionando em todo o Brasil.

O gerente comercial da concessionária BYD em Alagoas, do grupo JRCA, na Mangabeiras, Geomar Arroxelas, um apaixonado por carros elétricos, afirmou que a realidade deste tipo de veículo vem criando uma febre na busca de informações e vendas entre os alagoanos “Estamos funcionando a apenas um ano e desde novembro de 2023, observamos um crescente interesse pelos carros da marca chinesa, sobretudo, com os modelos Dolphin, Seal e Yuan Plus, marca que segue totalmente isolada na liderança do segmento entre as montadoras no Brasil. Em termos de números, somente no mês de fevereiro, vendemos 88 unidades de carros 100 por cento elétricos”.

Certamente um dos motivos para tanto interesse por parte dos consumidores é que o plenário da Assembleia Legislativa aprovou no ano passado um projeto de lei, de origem do Governo de Alagoas, alterando uma Lei Estadual, que dispõe sobre o tratamento tributário relativo ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, o IPVA. A mudança foi para carros elétricos e híbridos isentando o imposto. No primeiro ano de aquisição do veículo novo, os carros elétricos e híbridos, que possuam mais de um motor de propulsão. Já a partir do segundo ano, os veículos elétricos pagarão 0,50% e a partir dos anos seguintes 1%. Para os carros híbridos, a alíquota no primeiro ano será de 0,75% e a partir do segundo ano, 1,50%.

Publicidade