Parque da Pecuária receberá 500 animais para a Expoalagoas Genética

A Expoalagoas Genética se consolidou como a exposição agropecuária mais importante do calendário do primeiro semestre em Alagoas, sendo vitrine para os investimentos em genética animal e para o aumento da produtividade dos rebanhos. A exposição vai contar com a participação das raças gir leiteiro, girolando, nelore e dos equinos mangalarga marchador. O evento vai acontecer no Parque da Pecuária, entre 15 e 21 de abril.

A expectativa é que passem pelo local cerca de 500 animais. Os criatórios vão expor as raças entre as baias durante todo o evento, onde eles poderão ser visitados e alguns deles até negociados.

Já na pista de julgamento, o principal foco do pecuarista participante é pontuar nas etapas de raking, a exemplo da Mega Leite, e ainda submeter à prova a qualidade técnica do animal.

A pista central do Parque da Pecuária também receberá atividades com exemplares da raça equina Mangalarga Marchador. Um total de 300 animais devem participar de 16 a 20 de abril da etapa alagoana 5º Campeonato Nordestino da Raça Mangalarga Marchador.

O evento se dedica a demonstrar a qualidade do rebanho e a analisar as tendências do mercado da genética, informa Domicio Silva, presidente da Associação dos Criadores de Alagoas (ACA).

“A Expoalagoas Genética atenderá ao anseio dos criadores por uma pecuária de ciclo curto, mais eficiente e de rentabilidade para o negócio. Então temos parceiros comerciais, consultores de instituições de pesquisas que vão estar conosco, conversando sobre gestão das fazendas e do rebanho”, explicou Domicio Silva.

Além das atividades diretas com as raças durante a Expoalagoas Genética, o evento também será integrado por leilões, palestras e encontro de criadores.

Publicidade